Tabela INSS Atualizada

Todo trabalhador com carteira assinada contribui automaticamente para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Os estudantes, desempregados e donas de casa contribuem uma taxa mensal ao INSS facultativa e os trabalhadores temporários e autônomos como contribuinte individual e se inscrevem no programa da Previdência Social.

Trata-se de um direito de todos cidadãos, pois essa contribuição mensal ao INSS assegura recebermos um salário, seja por motivo de afastamento do trabalho por saúde, invalidez ou mesmo por tempo de serviço.

O trabalhador avulso, empregado e empregado doméstico tem alíquota para fins de recolhimento e faz-se entender a tabela do INSS 2015 atualizada e não a um piso salarial.

Desde janeiro de 2013 que o pagamento de remuneração do INSS está sendo executado.

Tabela de contribuição mensal

1. Segurados empregados, inclusive domésticos e trabalhadores avulsos

TABELA VIGENTE
Tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento de remuneração
a partir de 1º de Janeiro de 2015
Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento
ao INSS (%)
até 1.399,12 8,00
de 1.399,13 a R$ 2.331,88 9,00
de 2.331,89 até R$ 4.663,75 11,00
1 de janeiro de 2015
TABELA VIGENTE
Tabela de contribuição dos segurados contribuintes individual e facultativo
Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento
ao INSS (%)
678,00 5,00*
678,00 11,00**
678,00 até 4.159,00 20,00
* Alíquota exclusiva do microempreendedor individual e do segurada (o) facultativo que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência.
TABELA VIGENTE
Tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento de remuneração
a partir de 1º de Janeiro de 2013
Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento
ao INSS (%)
até 1.247,70 8,00
de 1.247,71 até 2.079,50 9,00
de 2.079,51 até 4.159,00 11,00
Portaria Interministerial MPS/MF  nº 15, de 10 de janeiro de 2013
TABELA VIGENTE
Tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento de remuneração
a partir de 1º de Janeiro de 2012
Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento
ao INSS (%)
até 1.174,86 8,00
de 1.174,87 até 1.958,10 9,00
de 1.958,11 até 3.916,20 11,00
Portaria  nº 02, de 06 de janeiro de 2012

2. Contribuinte individual e facultativo

TABELA VIGENTE
Tabela de contribuição dos segurados contribuintes individual e facultativo
Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento
ao INSS (%)
622,00 5,00*
622,00 11,00**
622,00 até 3.916,20 20,00
* Alíquota exclusiva do microempreendedor individual e do segurada (o) facultativo que se dedique exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência.
Lei nº 12.470, de 31 de agosto de 2011 – DOU de 1/09/2011
** Plano Simplificado
Lei Complementar 123, de 14/12/2006
Tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento de remuneração
a partir de 1º de julho de 2011
Salário-de-contribuição (R$) Alíquota para fins de recolhimento
ao INSS (%)
até R$ 1.107,52 8,00
de 1.107,53 até 1.845,87 9,00
de 1.845,88 até 3.691,74 11,00
Portaria  nº 407, de 14 de julho de 2011

2 Responses

  1. Dionatan Evaristo de Matos julho 24, 2014 / 1:55 am

    Boa noite,
    Queria eu, saber, o porque meu auxilio doença é um salario minimo, sendo que estou fichado com 1281,00 na carteira. Queria saber se esta certo, porque mal da pra pagar as contas.
    Queria saber dentro das medidas possiveis o correto valor de meu beneficio.

    Atenciosamente: Dionatan

  2. kiki novembro 11, 2015 / 4:34 pm

    O auxílio doença é 50% do salário que vc recebe.

Comments are closed.